MENU

A TURMA DO BEM

Segundo pesquisa do jornal britânico Journal of Dental Research, “pessoas com sorrisos ideais são consideradas mais inteligentes e têm mais chances de conseguir bons empregos que pessoas com problemas dentários”. Na contramão disso, 1/3 da população mundial tem problemas odontológicos resultantes de cáries não tratadas – e todos os anos, 190 milhões de pessoas entram para este grupo. Apenas no Brasil, 40 milhões de pessoas não vão ao dentista por falta de recursos; 20 milhões nunca tiveram acesso a um consultório odontológico e 16 milhões já perderam todos os dentes.

A situação leva essas pessoas a entrarem num círculo vicioso de pobreza: não cuidam dos dentes por não ter dinheiro; perdem os dentes; não conseguem bons empregos e continuam sem cuidar dos dentes.

Para transformar esse cenário, surgiu a Turma do Bem, uma organização social fundada em 2002 com a missão de mudar a percepção da sociedade sobre a questão da saúde bucal e da classe odontológica com relação ao impacto socioambiental de sua atividade. Através de suas ações, a TdB quer colocar a causa odontológica na agenda pública, mobilizar, conscientizar a população a respeito da gravidade desse quadro e construir um debate sólido em torno do tema, contribuindo para a reestruturação dos serviços públicos de saúde bucal.

Missão

Mudar a percepção da sociedade sobre a questão da saúde bucal e da classe odontológica com relação ao impacto socioambiental de sua atividade.

Valores

Fazer pelo outro o que faríamos pelo nosso filho.
Realizar com estética e alegria.
Eficácia e transparência na gestão.

Propostas

SOCIEDADE
Promover soluções de acesso a tratamento odontológicos

CLASSE ODONTOLÓGICA
Valorizar e mobilizar os profissionais para uma nova conduta socioambiental

GOVERNO
Promover soluções de acesso a tratamento odontológicos.

SETOR EMPRESARIAL
Discutir práticas éticas no setor odontológico.
Incentivar produtos e serviços de baixo custo que promovam acesso.
Inspirar condutas responsáveis em outros setores

DENTISTAS DO BEM

O principal projeto da TdB se chama Dentista do Bem e conta com o trabalho voluntário de cirurgiões-dentistas que atendem crianças e adolescentes de baixa renda, proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito até completarem 18 anos.

img-turma-1

Os pacientes são selecionados por grau de necessidade em triagens realizadas em escolas da rede pública e organizações sociais de todo o Brasil por meio de aplicação de um índice  de prioridade, beneficiando crianças com problemas bucais graves e mais próximas do primeiro emprego. O dentista voluntário atende os jovens selecionados em seu próprio consultório. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia e próteses, por exemplo.

img-turma-2

APOLÔNIAS DO BEM

Criado em 2012, o projeto Apolônias do Bem oferece tratamento odontológico integral e gratuito a mulheres que vivenciaram situações de violência doméstica e tiveram a dentição afetada durante as agressões. São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional.

O projeto é reconhecido pela Entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), além de fazer parte do UNA-SE pelo fim da violência contra as mulheres, campanha do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

ESTUDANTE DO BEM

Mobilizar os estudantes para a importância da consciência socioambiental na prática da odontologia. Este é o objetivo do concurso Estudante do Bem. Exclusivo para estudantes de odontologia, o concurso propõe aos participantes a construção de painéis com um relato de caso clínico que mostre a realidade social e odontológica de um jovem de baixa renda de 11 a 17 anos. Com isso, monta-se um panorama da realidade da saúde bucal brasileira.

Sorriso do bem 2017 – Ao vivo

O autor Milton Hatoum veio lançar seu livro no #sdb2017

Fórum Mulheres